terça-feira, 1 de janeiro de 2013

OLHOS - POEMAS QUE FALAM

FRANCISCO 
MIGUEL DE MOURA*


Teus olhos me cansaram por te ver
Tão desejosa de falar... Ou mentes?
Já os meus, quase mortos ou descrentes
                  Emudeceram
            Nunca para sempre.

Uma vez acesos, olhos não se apagam,
Bocas não se calam quando a cor
Do amor
E da esperança pregam-se
No tinto da pele e na flor dos cabelos.

Mesmo em cicíos falam
Aquilo que em silêncio é desperdício.


 **********************
*Francisco Miguel de Moura, poeta e prosador brasileiro, mora em Teresina, Piauí.



3 comentários:

Lucian Rodrigues Cardoso disse...

Através do poema, são ditas as palavras vistas pelos olhos da alma! Se puder, estarei honrado com sua visita e como um membro do meu humilde e novo espaço. Abraços, Lucian (http://www.poemasintrovestidos.blogspot.com.br/)

Umbelina Gadelha disse...

Lindo poema! Abraços

Verinha Portella disse...

Chico Miguel!!!

Mais uma obra de Mestre.

Parabéns ...Poeta.

Abraços
veraportella

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...