terça-feira, 10 de janeiro de 2012

POEMA DE ROSIDELMA FRAGA

Orgasmo

Rosidelma Fraga*
(e-mail: rosidelmapoeta@yahoo.com.br)

***
Saio de meu verso
como quem tira o roupão.
Cristalizo a voz rouca do poema
como alguém que fechou
o botão do vestido
e desnudou-se frente ao espelho.

Algumas vezes a poesia
tentou fechar o zíper
e conteve-se na fenda das coxas.
Mas minhas mãos rasgaram
cada letra como quem descostura
o tecido traçado a longos cortes.

Entro em meu poema
como quem perdeu as dobras,
os alinhavos e saiu nua...

Visto o orgasmo de metáforas
para adornar o verso amante
que por mim ansiava
com vinhos, incenso e flores
na cama do desejo lírico.  
***

*Rosidelma Fraga, professora, escritora, atualmente mora em Goiâia - GO. O poema "Orgasmo", lírica e estililsticamente bem construido, é o que não parece e parece o que não é: sensual para os poemas dessa natureza, mas não propriamente erótico, no sentido em que o livro de Drummond, publicado,  postumamente, nesse estilo, possa ser considerado padrão. Atende à grande criatividade da autora, que, apesar de nova, já demonstra uma poética bastante segura e consciente.(fmm)

P.S.: - A foto que ilustra esta matéria foi colhida na internet e publicada com autorização da autora do poema

2 comentários:

Malu disse...

Sempre bom conhecer novos poetas, sentir novas palavras...
Abraços

CHIICO MIGUEL disse...

Esta é uma grande voz da poesia jovem do Brasil, além do mais Rosidelma Fraga é uma ensaísta de peso e medida, peso pesado, a principal estudiosa do poeta Manoel de Barros, o melhor poeta vivo do Brasil. Procure conhecê-la mais no seu próprio blog.
abraços de alegria por sua visita
Francisco Miguel de Moura - visite meu blog pessoal.
Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...