sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

NOMES E DEUSES

 * Francisco Miguel de Moura

todos os nomes desaparecerão
na voragem do tempo:
ferrugem, salsugem,
pedra, osso irredutível,
grão de poeira
como no vendaval desaparece
o tempo
a luz
a força
o céu
a dor
e
o espírito tão finito:
um fio do DNA descabelado
de deuses na partícula subatômica-mãe.

do tempo e da matéria consumidos
nada falta, nada sobra
somente a consciência sem memória

deuses! não restarão:
eles furtam, brigam, prendem, não soltam...
matam!
tão cientes de que morreriam de ciúmes
das almas soltas na completude

como prêmio
ficará unicamente o silêncio de Deus.
_____________________________

 * Francisco Miguel de Moura, poeta, contista, cronista, romancista e crítico literário, mora no Piauí, mas conhece grande parte do Brasil, inclsive tendo morado em Salvador e Rio de Janeiro.

3 comentários:

Verinha Portella disse...

Parabéns...CHICO MIGUEL!!


Chico Miguel....ter sua amizade é um privilégio e honra.

Teu tempo é o que você deseja e sonha.

És um homem maravilhoso e Poeta sem igual!!
Eu te reverencio MESTRE....


Um caloroso beijo
amiga e fã

vera portella

Janice Adja disse...

Que poema lindo!!!
Obrigado.
Beijos!!

Janice Adja disse...

Voltei!
Este silêncio seira omissão??

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...